Covardia


“Desde que a Operação Eclésia (2012), em que o MP denunciou deputados e servidores da Alap (25 ações criminais e 49 de improbidade administrativa), o MP vem, covardemente, sendo atacado com o único intuito de impedir a atuação de promotores e procuradores de Justiça, além da desmoralização institucional.”