Desconfiômetro


É evidente que já fui tentado a dar parabéns pra Janot e Moro, via e-mail, mas tenho contido ímpeto.
Porque umas e outras vezes vejo ambos e tropa metendo pés pelas mãos, posando como exemplo máximo de virtude humana, como únicos que não estão acima da lei.
Sei, não.