Esperneio


Eduardo Cunha entrou com recurso no STF para tentar reverter a decisão que o afastou das funções como deputado e presidente da Câmara.
O argumento é simplório: ele não poderia integrar a linha sucessória da PR por ser réu na Lava Jato.
Então tá.