Fracasso


Para Teles Jr. (Seplan), renegociação da dívida pública, em Brasília, em nada favorece o Amapá.
“Um fiasco. É mais um corte na carne, simplesmente”, diz o secretário, choroso.