Otimismo


Cabuçu Borges: “Nós não seremos apenas um estado refém do contracheque, teremos faturamento vindo de outros setores, com aumento na arrecadação e mais geração de renda e emprego em várias áreas”.