Parceria


Apesar do viés político, de olho no trono da PR em 2018, vinda de Perilo ao Amapá pode render bons dividendos por ser um dos maiores produtores de grãos do Brasil.
Isso, claro, se Waldez souber aproveitar impressão positiva que o governador de Goiás teve do estado.