Quinhão


Pelo menos cinco órgãos federais cairão no colo do PMDB nos próximos dias no Amapá.
Decretos já estão sob análise de Temer, segundo fontes do Planalto.