Resistência


Se engana quem acha que Gilvam ‘joga a toalha’ por conta da rejeição de 49%, considerada muito alta pra ser vencida em tão pouco tempo até a eleição, em 2 de outubro.
Tidos e havidos como bons na militância, ele e trupe não veem aquilo como um ‘bicho de 7 cabeças’, porque noutros pleitos desafios parecidos foram superados.