Conformidade



O mais um na folha da Alap, no pagamento de 25 deputados, em vez de 24, tem tudo a ver com Ericláudio Alencar, que embora na Sejusp, optou pelo salário como parlamentar, por ser maior —o que é permitido por lei.
Portanto, nada a ver com Moisés Souza, que mesmo ainda detentor de mandato, não mais está recebendo salário como deputado estadual.