Fim da mamata


Liminarmente, atendendo pedido do MPF/AP, a justiça federal proibiu que o Conselho Regional de Farmácia (CRF/AP) contrate novos servidores pelo regime celetista.
Agora, só pelo regime estatutário e através de concurso público.