Luto


Com insuficiência renal e já submetendo-se à hemodiálise de rotina no Hcal, Munhoz Lopez morreu nessa tarde de segunda (22).
Sem frustrações aparentes, um ‘cidadão do mundo’ que construiu uma vida entre livros e pessoas queridas, moral e intelectualmente.
Não nasceu aqui, mas se fez amapaense, e leva consigo o orgulho e respeito de todos nós, seus amigos, agora eternamente inconformados com a perda.
Infelizmente, pessoas queridas e amadas também adoecem e morrem…