Péssimo


Amapaenses sofrem cada vez mais com a crise: no primeiro trimestre de 2017 estado registrou 18 mil desempregados a mais que no mesmo período do ano passado, segundo o IBGE.
Balanço: Número de pessoas fora do mercado de trabalho saltou de 48 mil para 66 mil.