Corda bamba


Além do decreto de perda do mandato pelo Tjap, Mira Rocha, por sinal uma deputada competente e atuante, se mantém na Ala por força de liminar do TSE, após ter seu mandato cassado pelo TRE do Amapá por abuso de poder econômico e político em 2014.