Embate


Taxistas querem porque querem proibição de transporte alternativo em Macapá via plataformas digitais, que já prolifera em todo o país, através do Uber e, agora, do Yet Go.
Embora tida como inconstitucional, lei municipal (ainda) em vigência proíbe esse modelo.