De bronca


Ambos do PDT, Japão e Cláudio Góes reagem contra o reajuste de R$ 2,75 pra R$ 3,25 no preço da passagem de ônibus em Macapá, que o Setap conseguiu aprovar pelo bater do martelo da Justiça.
Auê é porque “proposta, antes, não foi levada à discussão com usuários do serviço”, alegam.