Ofensa


Cristina Almeida foi chamada por um segurança do PAI (Sesa) de “preta macumbeira e macaca”.
Por crime de racismo, imediatamente registrou BO na UPC do Araxá.
Gravíssimo!