Será?


Dentre os deputados que supostamente teriam recebido “gratificações” pra não liberar WGóes, dois deles não seriam da oposição —Cristina (PSB) e Lemos (Psol), e citados por Moisés em sua defesa já na Comissão de Ética da Alap.