Bem maior


RGóes contrariou recomendação do PDT e votou em favor de Temer, “porque emendas impositivas liberadas pelo PR são muito bem vindas para o Amapá”, teria justificado a correligionários.