Imoral, mas legal


Ainda Hausseler: “Embora legal eu acho o auxílio moral imoral; eu não estou discutindo a legalidade ou não, mas os critérios poderiam ser outros; por exemplo, eu vou pro interior e lá não tem casa, nesse caso não vejo problema algum; quanto a mim, eu não vou reclamar nunca o dia que cortarem; não vai fazer falta porque nesse caso eu me adaptaria ao que ganho”.