Reconhecimento


Jornada Itinerante Fluvial que permanece até a próxima sexta-feira no Bailique presta justa homenagem emprestando nome de Manoel Padeiro, colaborador de primeira hora e que recentemente foi morto vítima de latrocínio no Arquipelago.