Reconsideração


Promotora Fábia Nilci (MP-AP): “Pedimos o bloqueio de R$ 5 mi, com base na última compra emergencial feita pelo estado. Por isso, vamos entrar com pedido de reconsideração, já que o juiz determinou o bloqueio de valores suficientes para atender os pacientes somente por um mês”.