Inércia



Questionado sobre votação, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a proposta estava na pauta há muito tempo e que o governo não se moveu para impedi-la.
União pode até ter prejuízo, mas a PEC põe fim a mais de duas décadas de sofrimento de muita gente.