Proibição


“Aqui não se pode fazer nada pra melhorar a cidade. Com todo respeito que tenho pelo Português, que morou em Macapá, tem uma filha com 94 anos, mas a imagem do santo que está lá está corroída pelo tempo, não se consegue mais vê-la.”
J. Ney, radialista