Custo



Dito por Kaká, é a Alap quem vai bancar os R$ 3,5 milhões com a reforma do prédio-sede da instituição, na FAB.
Mas, pra deixar casa nos trinques com mobiliário novo, o legislativo teria que desembolsar bem mais que aquilo, elevando a conta pra R$ 11 milhões, ao fim e ao cabo, segundo dito por Haroldo Abdon.