Reação


“Vamos parar o Amapá e todo o país no dia 19, que será o dia de lutas e paralisações contra a aprovação da reforma trabalhista e em protesto pela aprovação da reforma previdenciária”.
Genival Cruz, rodoviários