Persistência



Com apoio de Davi, Kássyo Ramos, agora no DEM, vai a federal em outubro.
Em 2016, então no PSDC, disputou vereança, carimbou mais de 2 mil votos no sufrágio, tirou lasquinha da trave, mas, ao fim e ao cabo, não entrou.