Revés



Juiz Anselmo condenou Ester de Paula a ressarcir pouco mais de R$ 272 mil ao Ineg. De quebra, também perde cargo de professora da rede estadual.