Togados


Com perda dos direitos políticos, Moisés, Edna e o marido Eider são condenados, na Justiça Comum (4ª vara), por ilegalidade no aluguel de prédio, da conta imobiliária do casal, usado como Anexo do Legislativo Estadual.
Podem recorrer.