Espera



Badú ganhou HC no TRF1, em Brasília, e deixa penitenciária ainda nesta 4ª feira (16), assim que judiciário de Oiapoque libere Alvará de soltura.
Com relatoria de Olindo Menezes, decisão de desembargadores foi por unanimidade.