Golpe



Trio foi preso nesta quinta (28) fazendo traquinagens.
Passando-se por funcionários da Afap, eles cobravam de R$ 1 mil a R$ 5 mil para garantir linhas de crédito.
Foram trancafiados pela Polícia Civil.