Pressão



MP/AP pressiona o GEA para iniciar obra de reforma da Escola Barão do Rio Branco.
Seinf diz que demora se deve às características do prédio, que apesar de não ser tombado pelo Iphan, deve ser restaurado, por suas peculiaridades históricas.