Tangente



Da Secult, Dilson Borges, sufocando bochichos, descartou já estar trabalhando pela volta ao trono em Mazagão.
“Cedo, muito cedo. E não mais alimento qualquer interesse em disputar prefeitura de lá, apesar do amor sem fim que tenho por aquela gente”, disse o secretário.