Gula



Mas o Amapá não saiu tisnado só no Senado, na Câmara Federal também, onde Abdon (PP) ocupa a 4ª posição dentre os 10 deputados mais perdulários da CF, com gastança de R$ 1,55 milhão — ‘abocanhando’ um pouco mais que Davi (R$ 1,46) e Capiberibe (R$ 1,28), no Senado.