Amapá Jovem



Com liminar de juiz eleitoral valendo, mais de 3 mil beneficiários do Amapá Jovem não podem mais acessar bolsa de meio salário mínimo e freqüentar cursos profissionalizantes do programa.
PGE promete recorrer.