Ombro a ombro



De Davi pra Papaléo, e vice-versa: “Olha nós aqui”.
No DEM, depois que se acertaram seguir ombreados rumo à eleição, em outubro.