Salvação



Kaká (PR) e Jean Alex (PHS) também explicam, em nota, que a nova aliança, com Cirilo como governador, tem um porquê: facilitar a eleição de estaduais e federais, o que não seria tão possível dentro da coligação com o PDT, “já assim de pretendentes”, justificam.