Vilão



“É sabido e comprovado que a transmissão está se dando por via oral, principalmente pela ingestão do açaí. Agora é trabalharmos com as vigilâncias para que intensifiquem ações de fiscalizações e monitoramento das amassadeiras do produto, as familiares, principalmente.
Emanuel Bentes (SVS)