Barrada



Como já esperado candidatura de Leda Sadala (Avante), irmã de Ofirney (STN) foi barrada pela Justiça Eleitoral.
Porque condenada pelo TCE-PA pela não aplicação de R$ 90 mil, quando dirigia uma ONG naquele estado, acabou alcançada pela Lei da Ficha Limpa.