Desequilíbrio



Como já é tradição, homens (475) dominam disputa em todos os níveis, com apenas 94 mulheres na disputa.
À PR são 11 contra duas, enquanto para o governo são 170 contra 29. No Senado não é diferente: elas são apenas 63 contra 294.