Namoro



De olho nos 2% de votos que podem ser decisivos no 2º turno, Bolsonaro (PSL) e Haddad (PT) cortejam Meirelles (MDB), que confirmou assédio de ambos.
Conquista a mão da noiva quem tiver mais lábia e, claro, dependento do dote!