Retorno



De elogiável trabalho como estadual e após incursões frustradas para o Executivo, Bruno Mineiro teve candidatura deferida pelo TRE/AP, de novo a estadual, em outubro.