Violação



“O colega Juliano (advogado) não teve suas prerrogativas respeitadas, como manda Lei Federal. Foi preso sem a presença de representante da OAB e está na penitenciária, quando a lei determina que ele fique em Sala de Estado-Maior”.
Maurício Pereira, advogado