Alçando voo



Reeleito para a Alap com 1 mil votos a mais dos obtidos em 2014, Paulo Lemos admite pretensão de disputar a prefeitura de Macapá em 2020; mas aguarda unção dos caciques do seu grupo político.
Leia-se: Randolfe e Clécio Luís.