Bote errado



Ministros do STF subiram o bom em reação às operações da PF nas universidades.
Barroso protestou, afirmando que “Polícia só deve entrar em universidade se for para estudar”.
Gilmar pediu “cautela”.
Já Defensoria da União recomenda a reitores progerem liberdade de expressão.