Escravidão



Ministério do Trabalho identificou no AP 37 em situações análogas às de escravo entre janeiro e a 1ª quinzena deste ano. Se procedente, números preocupam.