Fora



Cabuçú e Reátegui não se reelegeram e deixam Câmara Federal no fim do ano.
Mas, inegável, fizeram direitinho dever de casa deles, enquanto fuçando gabinetes ministeriais, em Brasília.