Mão dupla



“Como governador vou cuidar dos dois, seja eleitor do Haddad seja eleitor do Bolsonaro, porque os que estão na porta de hospitais são eleitores de ambos.”
Capiberibe, candidato (PSB)