Pasmo



Meio zonzo e espantado com campanha sempre crescente de Bolsonaro, Haddad vai ao 2º turno, mas pode ser abatido em pleno voo pelo veneno do ‘antipetismo’, cada vez mais forte e apavorante.