Ineficiência



Apesar de avanços, números dos Atlas da Eficiência da Educação, da UnB, são preocupantes: 9 dos 16 municípios foram reprovados.
Avaliação é feita com base no valor investido por aluno, retenção escolar, aprovação e proficiência.