Reverso



Deflagrado pela Polícia Civil e sem prazo para terminar, desdobramento da Operação Reverso já prendeu mais de 100 pessoas no Amapá.
Maioria acusada de furto, roubo, homicídio e violência doméstica.